Publicidade Azul

O humor para recordar melhor

Todos sabem que o riso tem efeitos positivos no ser humano, entre eles: atua como antidepressivo, luta contra a hipertensão, melhora a oxigenação do cérebro e a qualidade do sono. Para conseguir surpreender o público, cabe destacar o poder de liberar adrenalina, combater o estresse e, definitivamente, proporcionar uma sensação de felicidade e bem-estar que, uma vez associada à nossa marca, gerará uma relação emocional muito benéfica.

Atualmente, o mercado da comunicação está muito saturado. As empresas utilizam estratégias 360º para garantir presença em todos os tipos de mídia, por isso encontramos publicidade no metrô, na rua, na internet, nos filmes, na rádio, nas mensagens SMS, em diferentes eventos, nas redes sociais e em aplicativos. Ufa! O certo é que nunca estivemos tão expostos à publicidade como hoje em dia. Assim, diante de um volume tão grande de anúncios, o importante é destacar e atrair a atenção do nosso público.

Como podemos consegui-la? Com humor! Bem aplicado, ajuda a vender e a seduzir qualquer audiência. Provoca sorrisos e risos nos interlocutores que motivam mais recordações, uma melhor assimilação da informação e, como consequência, maiores possibilidades de conseguir clientes. Segundo o psicólogo William James, a retenção de informação na memória é obtida graças à captação total da mensagem através dos sentidos. Por isso, é essencial chamar a atenção do público, e o riso cumpre perfeitamente esta função.

Publicidade iFood

Publicidade Shampoo Dove Men Care

Como fazer bom uso do humor?

O mais importante é conhecer o público a que nos dirigimos. Através dessa análise inicial, podemos perceber se o nosso negócio e as nossas estratégias recomendam ou não o uso do humor. Existem empresas que não reconhecem esta forma de comunicação como sendo efetiva e que, em vez de incentivar o êxito, provocam o fracasso das campanhas e da imagem das empresas. Existem outras que preferem integrar o humor em suas campanhas ou comunicações pontuais, em um determinado momento.

No caso de incorporar o humor em nosso negócio e estratégia, deve-se determinar que tipo é mais recomendável para impulsionar o projeto. O humor é um dos conceitos mais subjetivos que existem e deve ser utilizado com precaução, pois devido aos seus múltiplos tipos, nem sempre satisfaz as mesmas pessoas. Assim, algumas mensagens humorísticas são mais propensas a repelir certos grupos que causar um efeito positivo. Portanto, antes de iniciar qualquer estratégia é importante analisar a situação e o público a quem queremos nos dirigir.

Apesar de parecer senso comum, seria conveniente evitar piadas discriminatórias que provoquem um efeito negativo e que possam efetivamente causar problemas legais. É fundametal evitar decepções ou mal-entendidos.

Publicidade Visa

Concluindo, o humor é um instrumento excelente para captar a atenção de um determinado público, além de contribuir para melhorar a imagem de um negócio. No entanto, esta ferramenta não é essencial para conseguir o objectivo desejado, pois algumas empresas não se identificam com este tipo de comunicação e, nestes casos, o humor chega a ter o efeito contrário. Para conseguir uma estratégia positiva, o ideal é conhecer perfeitamente a audiência e atuar de acordo com suas particularidades.

Did this answer your question?